NOSSA AGROFLORESTA

Atualmente, a Fazenda da Barra se volta para a produção de alimentos em larga escala através da agrofloresta sintrópica.

Nosso objetivo é tornar viável a produção de alimentos orgânicos através desse manejo que respeita todos os elos da produção de alimentos: a terra, a natureza, o produtor e o consumidor final.

 
 

CULTURAS

Limão

O limão taiti (Citrus latifolia) é uma das culturas que integra nossa agrofloresta sintrópica. Fazemos seu cultivo de forma totalmente orgânica. Trata-se de um produto muito comercializado no Brasil e de alta rentabilidade.

Banana

Integrando nosso manejo, essa cultura produz grande quantidade de matéria orgânica para o sistema agroflorestal. Com colheita após um ano do plantio, os frutos são produzidos com tratamento 100% orgânico.

Mogno Africano

Utilizamos o mogno africano como a cultura de maior porte do sistema agroflorestal. Proporcionando sombra para as culturas que crescem abaixo dele e necessitam de menor incidência de sol, o mogno africano possui crescimento vigoroso, muita rusticidade a deficit hídrico e madeira de alta qualidade conhecida internacionalmente.

Maracujá

Trata-se de uma cultura de grande importância ambiental devido sua polinização natural pela abelha mamangava, que está desaparecendo cada vez mais pelo uso dos defensivos químicos.Em nosso manejo orgânico na agrofloresta sintrópica produzimos um fruto de alto valor nutricional, deliciosos usos culinários e que possui grandes aplicações no mercado farmacêutico.

Bambu

Fazemos o cultivo orgânico de bambu ebrotos de bambu consorciado ao mogno africano e demais culturas da agrofloresta sintrópica da Fazenda da Barra. Temos diversas espécies de bambu em nosso catálogo.

Abacate

O abacate, fruto rico em anti-oxidantes fibras, cálcio e minerais é cultivado organicamente em nossa agrofloresta.é uma árvore de porte médio a alto, variando de 7 a 20 metros, com folhas verdes escuras, simples, flores pequenas verde amarelada e perfumada. O fruto é em formato de pêra, com polpa carnosa verde amarelada, podendo chegar até 1 kg, contendo uma única e grande semente.

Aroeira Pimenteira

A aroeira-pimenteira é muito usada em culinária, recebendo o nome de pimenta rosa, um tipo de pimenta doce. Indicada medicinalmente no tratamento da artrite, febres, ferimentos e reumatismos, além de ser anti-inflamatória, antiespasmódica, cicatrizante e bactericida.É uma das culturas de nossa agrofloresta.

Cúrcuma

É usado muito frequentemente na culinária, também pode ser usada como remédio natural para melhorar problemas gastrointestinais, febre, tratar resfriados e, até, reduzir o colesterol alto. É uma planta com folhas longas e brilhantes com cerca de 60 cm com compridas raízes de coloração laranja.

Guariroba

É uma palmeira de caule fino e reto que se destaca na paisagem, indicadora de solo fértil, e se caracteriza pelo sabor amargo de seu palmito. Da guariroba é possível se aproveitar quase tudo. O caule é utilizado como madeira na construção civil e as folhas são utilizadas na alimentação de animais e cobertura de casas. No interior dos frutos há uma castanha que serve de complemento na alimentação do gado, além de ser utilizada na fabricação de doces, licores e sorvetes.

Pupunha

A árvore da pupunha pode atingir 20m de altura, 25cm de diâmetro e seu tronco tem regiões intercaladas com  e sem espinho. Seus frutos jovens são verdes e maduros, amarelados ou avermelhados, não podem ser ingeridos antes do cozimento, porque apresentam substâncias que provocam irritação na mucosa da boca. 

Moringa Oleífera

Trata-se de uma planta que cada vez mais ganha destaque na mídia devido seu alto teor de proteína (em torno de 27%), vitaminas, minerais e possui utilizações medicinais com grandes benefícios para a saúde. Ainda é usada na produção de cosméticos, é uma excelente fonte de biomassa e fertilizante natural. Trata-se de uma cultura com grande capacidade de ser explorada e de grandes benefícios para a sociedade.

NOSSA AGROFLORESTA